“Um time de paintball. Um bando de amigos. O paintball é para nós um esporte e uma oportunidade a mais de estarmos com nossos amigos. Nós buscamos uma prática do esporte segura e um comportamento pessoal baseado no jogo limpo e respeito a todos.”

FURIA significa Frente Unida de Resposta Integrada e Assalto que é o encontro de caminhos e experiências diferentes.

A divisão Sodalis nasceu no jogo de FPS Call of Duty 2 online através de seu criador Sodalis Abbadon (Maurício) e Sodalis Centaurus (Daniel), com o servidor no ar desde 2006 em Belo Horizonte. Sodalis, uma palavra do Latim com o seguinte significado: companheiro, camarada, amigo, membro de uma confraria. Em 2009, Sodalis Maximus (Ricardo) nos convidou para um jogo de paintball, no campo do Miguel, o PaintshotBH no bairro Castelo. Nasce o Sodalis Paintball. Os caminhos começam a se cruzar. O campo que hoje é nosso patrocinador e o Miguel.  É o início de nossa caminhada.

Sodalis Cyrus (Arthur) conversa em seu trabalho com o Felipe Roch sobre paintball e 1779210_283854418435024_192949214_ndescobre o Dragões Inconfidentes. O Felipe passou a frequentar a Confraria Sodalis e foi só uma questão de tempo e conversas entre Felipe Roch e Sodalis Abbadon (Maurício) para que em 01/02/2010 nascesse o FURIA Paintball. O Felipe trouxe seu conhecimento sobre marcadores, sua experiência de jogos e vários de seus integrantes.

A necessidade profissional levou o Felipe para São Paulo e a pedido do Giovanni Maia (ex-Dragões) nasce o Squad Scout, a nova divisão (como chamamos internamente cada grupo de jogadores no FURIA).

Miguel e seu sócio Rafael mudam de localidade e abrem um novo empreendimento de paintball, o campo EliteBH que se situa na orla da lagoa da Pampulha, oferecendo o espaço ao time para treinamento em horários vagos, ampliando nosso patrocínio. Com a chegada da integrante Patrícia surge a divisão Amazonas, ainda em formação e pendente em sua identidade visual, a path (símbolo, logotipo). A ideia é uma divisão só de mulheres.

Felipe Roch faz amizade e abre a divisão Titã e estabelece o FURIA em São Paulo, e após desenvolver o time, Felipe Roch deixa o comando da divisão Titã com Guilherme Garcia e retorna para Minas Gerais.

Atualmente somos 24 membros e 12 aspirantes totalizando 36 jogadores ativos, nosso circulo de amizade se estende a dezenas de amigos, fãs, ex-jogadores. Este número de jogadores ativos nos permite ter uma presença de 7 jogadores em média por jogo com pico de 14 jogadores em campo (dados de 2014). O fato de termos muitos jogadores reflete a política do time, de que os times devem ser a porta de entrada e orientação dos novos jogadores.

PATCH FURIAOs membros mais frequentes aos jogos e treinos tem a oportunidade de participar de torneios e campeonatos, sendo que seus esforços já trouxeram ao time os dois únicos torneios entre times realizados em Belo Horizonte em 2011, um título de vice campeão em 2012 e um título em 2014 : 1º Lugar – 1º Circuito de CQB de Belo Horizonte realizado pelo Black Snakes (2011), 1º Lugar – 1ª Competição do Assault (2011), 2º Lugar – 1ª Copa Terroristas Paintball Team (2012) e o 1° Lugar – Campeonato Mineiro de Paintball 2014 na categoria Cenário (2014). Ser campeão por duas vezes seguidas em 2011 com uma pequena diferença de pontos para o segundo colocado, nos fala da dificuldade em manter esta posição e a alta qualidade do paintball Milsim em nossa cidade. O trabalho é o caminho.

O time treina duas vezes ao mês no campo de nosso patrocinador: o EliteBH. Os exercícios são leituras de treinos usados em forças armadas e forças policiais e aplicados à realidade do que vivenciamos nos jogos de paintball. A base conceitual é “movimentação tática e precisão”. Os jogadores são incentivados a propor exercícios que serão testados na prática. Se estes se revelarem eficientes, permanecem no currículo de treinos, senão serão descartados. Os especialistas das regras de Milsim: médico e armeiro, recebem atenção e treinamentos específicos, sendo que todos jogadores devem passar por estas especialidades em nossos treinos.

A segurança em paintball é tema constante em nossos treinos. A nossa tolerância para com quem não segue as regras básicas de segurança é zero. O uso de máscara é obrigatório em campo de jogo ou qualquer atividade que envolva o disparo com o marcador. O uso do barrel plug ou barrel socks em Safety Zone (Área externa ao limite demarcado do jogo, onde os jogadores se preparam e transitam sem a máscara) é imperativo , e deve ser usado também na montagem do marcador e manutenção dele. Em nossos treinos o primeiro passo é bloquear o cano do marcador na preparação do equipamento.sabertooth

O nosso olhar sobre o paintball é simples: praticar o esporte , aproveitar a oportunidade para cultivar novos amigos e ajudar a construir este maravilhoso esporte. O FURIA participou ativamente na construção da FPEMG (Federação de Paintball do Estado de Minas Gerais) e tem um de seus integrantes na federação. Também fazemos parte da COTEM (Comissão Técnica de Milsim) ajudando a formar operadores Milsim com três voluntários. Nós acreditamos que nossa união irá trazer para o paintball uma organização cada vez mais eficiente, mais segurança na prática esportiva e uma legislação favorável.